Importância de uma dieta balanceada no desenvolvimento da primeira infância

Importância de uma dieta balanceada no desenvolvimento da primeira infância

Amamentação

Boas notícias! Durante os primeiros seis meses da vida do seu filho, você não precisa pensar muito em uma dieta balanceada, pois todas as necessidades nutricionais do seu filho podem ser atendidas com o leite materno. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, a amamentação proporciona aos bebês o equilíbrio perfeito de proteínas, açúcares, gorduras e vitaminas, tornando-o essencial para o desenvolvimento saudável da criança. KidsHealth.org afirma que os anticorpos no leite materno trabalham para combater infecções, e que os componentes do leite materno – lactose, proteína e gordura – são fáceis no sistema digestivo do recém-nascido. Enquanto a amamentação é considerada ideal, nem todos os pais podem fornecer leite materno. Para aqueles que precisam de uma alternativa, a fórmula infantil é uma opção nutritiva que também contém vitaminas e nutrientes.

Leia também: Phenatrim Bula

Vitaminas e minerais

Há uma razão pela qual sua mãe lhe contou que uma maçã por dia mantém o médico longe. Vitaminas encontradas em frutas e legumes trabalham para fortalecer o sistema imunológico de uma criança. Eles são uma parte essencial do desenvolvimento de uma criança, e deficiências em certas vitaminas podem causar cegueira e deterioração neurológica, de acordo com a Aliança Global para Melhor Nutrição. Minerais como ácido fólico e ferro são uma parte importante do desenvolvimento do cérebro do seu filho e podem ser encontrados em verduras, frutas e cereais fortificados e massas.

Cálcio

De acordo com KidsHealth.org, durante a infância e adolescência de seu pequeno, seu corpo está usando cálcio para construir ossos fortes e saudáveis; suas reservas de cálcio começarão a diminuir durante a idade adulta jovem. Adolescentes que não têm cálcio suficiente em suas dietas correm um risco maior de osteoporose, uma doença que faz com que os ossos se tornem fracos e quebradiços e os coloca em maior risco de fraturar os ossos enfraquecidos. Isto é especialmente verdadeiro para as meninas, que têm menos massa óssea do que suas contrapartes masculinas. Considere substituir a bebida açucarada do horário de almoço do seu filho – que, de acordo com a Healthy Child, suprime o apetite do seu filho e o torna menos propenso a comer alimentos nutritivos – com um copo de leite rico em cálcio.

Proteína

Os músculos, órgãos e sistema imunológico do seu filho são compostos principalmente de proteína, tornando-se uma parte essencial de uma dieta bem equilibrada para o seu pequeno e ocupado. Quando ele come um sanduíche de presunto e queijo, seu corpo quebra a proteína em aminoácidos, que são reutilizados para produzir proteínas necessárias para manter seus órgãos, músculos, sangue e ossos. De acordo com KidsHealth.org, o corpo precisa de nove dos 22 aminoácidos essenciais dos alimentos, uma vez que não pode produzir esses ácidos por conta própria. Felizmente, muitos dos favoritos infantis são ricos em proteínas – de manteiga de amendoim a nuggets de frango.

Comida Lixo e Obesidade

Fast food, doces e refrigerantes estão contribuindo para a obesidade infantil, e as taxas de obesidade dobraram nos últimos 30 anos, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Os jovens obesos são mais propensos a desenvolver outras doenças mais tarde na vida, como diabetes. Esses jovens também correm risco de doenças cardiovasculares e colesterol alto. Além dos efeitos no desenvolvimento físico da criança, a obesidade afeta o desenvolvimento social da criança e, muitas vezes, leva a uma baixa auto-estima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *